Posts tagged ‘Univasf’

Cinema no Vale abre programação de outubro

O programa Cinema no Vale em conjunto com o projeto CinePsi, exibe nos dias 8 e 9, às 17h, filmes que abordam temáticas voltadas a assuntos sociais e políticos. As sessões acontecerão no auditório da Biblioteca do Campus Petrolina Sede com entrada gratuita e abertas ao público.

Na sexta-feira (8), abertura da mostra será exibido o filme ‘Encouraçado Potenkim’, de Sergei Eisenstein, e no sábado (9) ‘Arquitetura da destruição’, de Peter Cohen. As projeções serão seguidas de debates com a participação do professor Vanderlei Carvalho, do Colegiado de Ciências Sociais.

De acordo com um dos coordenadores do evento, professor Afonso Henrique, esta mostra visa provocar a reflexão sobre temas como liberdade, poder e ideologia, “de modo que cada um perceba a dinâmica que rege a história ao longo do tempo”, sugere.

Clique aqui para ver as sinopses divulgadas pela coordenação do evento

Ascom Univasf

7 de outubro de 2010 at 10:38 Deixe um comentário

‘Prosa Invocada’ vai discutir a relação entre ciência e arte

A Assessoria de Comunicação (Ascom) e a Pró-reitoria de Ensino (Proen) realizam na próxima terça-feira (28), às 18h30, no auditório do Complexo Multieventos, no campus Juazeiro a segunda rodada de entrevistas promovida pelo projeto ‘Prosa Invocada’. Nesta edição o assunto escolhido focará a proximidade entre ciência e arte, bem como a influência recíproca entre as duas atividades.

Mas afinal, Ciência é arte?’. Quem responderá à pergunta, tema do evento serão o coordenador do mestrado em Ciência dos Materiais da Univasf, professor Helinando Pequeno de Oliveira, e o inventor autodidata, Evangelista Ignácio de Oliveira, famoso por suas criações e protagonista do documentário ‘O som da luz do trovão’ de Petrônio Lorena e Tiago Scorza.

O projeto coordenado pela jornalista Klene de Aquino e pelo professor Marcelo Ribeiro será formado por uma série de entrevistas, baseadas no gênero talk show e conduzidas pelo professor Nilton Araújo, do Colegiado de Ciências Sociais da Univasf. Outros colaboradores são o professor Fernando Souto, também do Colegiado de Ciências Sociais, o professor Mauricio Alfaya, do Colegiado de Artes Visuais, a diretora de Imagem, Fabíola Moura, da Ascom, e os estudantes Luis Osete, (bolsista), Wellington Junior e Eudes Sampaio, estagiários da Ascom e voluntários do projeto.

“A nossa proposta é promover a discussão de temas universais, mas contextualizados com a realidade local, porque o objetivo do ‘Prosa Invocada’ é provocar o debate, estimular o pensamento crítico, ampliar as possibilidades de reflexão sobre assuntos que impactam as nossas vidas”, expõe Klene de Aquino.

De acordo com a equipe envolvida no projeto, a cada dois meses será realizada uma nova edição do ‘Prosa Invocada’, com novos entrevistados e temas. Os locais de realização serão os campi Petrolina Sede e Juazeiro, alternadamente. Os eventos serão abertos ao público com entrada franca.

Para o professor Nilton Araújo, a experiência de atuar no projeto está sendo motivadora: “O Prosa está me proporcionando um momento de chamar as pessoas para falar sobre assuntos que não são discutidos no cotidiano e que a universidade muitas vezes alija; nesta perspectiva, o Prosa está trazendo a construção de uma postura mais critica, abrindo espaço para a diversidade e para a universidade estar em contato com a sociedade”, avalia Nilton Araújo.

Em dezembro de 2009 o ‘Prosa Invocada’ promoveu sua primeira entrevista, uma edição-piloto sobre o tema ‘Velhos e novos movimentos sociais’. Os entrevistados foram o presidente da Associação em Defesa dos Direitos dos Homossexuais de Juazeiro (ADEH), Marcos Welask e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina, José Tenório. Atualmente, o projeto está vinculado ao Programa Institucional de Bolsas de Integração (Pibin/Univasf).

22 de setembro de 2010 at 19:55 Deixe um comentário

Livro de professor da Univasf é finalista do Prêmio Jabuti

O professor Marcus Ramos do Colegiado de Engenharia da Computação (Cecomp) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) é um dos 10 finalistas do Prêmio Jabuti 2010 na categoria Ciências Exatas, Tecnologia e Informática, com o livro “Linguagens Formais: Teoria, Modelagem e Implementação”.

A obra, lançada em abril de 2009, apresenta a teoria matemática das linguagens discutindo a sua classificação e as suas propriedades. Essa teoria é fundamental em áreas mais tecnológicas da computação, como por exemplo, no reconhecimento, processamento e tradução de linguagens e, na área científica, no estudo da decidibilidade e complexidade de problemas. De acordo o professor Marcus Ramos, o livro representa uma iniciativa no sentido de tornar mais fácil o entendimento de um assunto normalmente considerado difícil pelos alunos, por envolver muita lógica, abstração e matemática.

O resultado final do melhor livro do ano será no dia primeiro de outubro de 2010.

O Prêmio Jabuti, concedido desde 1958, é o mais importante prêmio literário do Brasil e é oferecido pela Câmara Brasileira do Livro.

Veja a classificação no link : http://www.cbl.org.br/jabuti/telas/resultado/resultado.aspx?c=6&f=1

Ascom/Univasf

17 de setembro de 2010 at 23:53 Deixe um comentário

Ceppsi completa 1 ano garantindo atendimento psicológico ao alcance de todos

Aquele mito de que “psicologia é coisa para gente rica” está caindo por terra, pelo menos em Petrolina. Graças ao serviço do Centro de Estudos e Práticas de Psicologia – Ceppsi do curso de Psicologia da Universidade Federal do Vale do São Francisco – Univasf, gente das classes sociais mais carentes está tendo acompanhamento psicológico gratuito e com hora marcada.

O serviço foi inaugurado há um ano e hoje realiza 200 atendimentos em média por mês, desde o acompanhamento individual de todas as faixas etárias até a terapia em grupo, além da orientação familiar. O atendimento é realizado pelos alunos dos dois últimos períodos do curso de psicologia com a supervisão dos professores. Cada aluno tem uma carga horária de dez horas semanais na clínica para realizar os acompanhamentos. Para a coordenadora do Ceppsi, a professora Ana Lúcia Barreto da Fonseca o espaço ainda não é suficiente para atender a demanda, “temos uma lista de espera de mais de 50 pessoas e essa procura deve crescer ainda mais, considerando que atendemos a uma região circunvizinha com população de 1 milhão de habitantes”.

Os pacientes são encaminhados pelas unidades de saúde de Juazeiro e Petrolina, pelas escolas públicas e até pelo poder judiciário, especialmente pela vara da família, mas também há uma grande procura de demanda espontânea, já que para ser atendido no Ceppsi, basta procurar o serviço. Quem chega ao Centro, passa por uma triagem psicológica e outra social, que vai identificar o perfil sócio-econômico do usuário. Os pacientes de baixa renda têm preferência, mas os casos urgentes são sempre priorizados, independente da classe social do usuário.

O Ceppsi atende a qualquer tipo de dificuldade psíquica, como os mais variados transtornos afetivos (depressão, ansiedade, etc) e possui convênio com entidades como a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE. Mas além da área clínica, outros serviços são oferecidos à comunidade. São realizados treinamentos, orientação vocacional, oficinas, palestras, cursos e consultorias. “O Ceppsi está dando a chance à comunidade de ter mais acesso aos processos psicoterápicos que ainda estão longe das classes mais carentes”, avalia a coordenadora do centro. “Além de dar essa oportunidade, o Ceppsi criou uma nova frente de atendimento à saúde mental da população, contribuindo para desmistificar o papel da psicologia como algo vinculado à condição da loucura, já que todos os sujeitos vão necessitar de acompanhamento em algum momento da vida”, concluiu.

Pesquisa e práticas

O Ceppsi também é um espaço ininterrupto de pesquisa em psicologia. Atualmente, quatro estudos estão em andamento no local, entre eles, um que observa a relação da família com a criança autista. Em outro projeto científico, os pesquisadores discutem o direito reprodutivo, orientando os adolescentes com relação à comportamentos sexuais. Esse estudo tem o financiamento do Ministério da Saúde. O tema volta a ser estudado na preparação de agentes comunitários para o acompanhamento e orientação sexual de adolescentes.

Outras ações são realizadas diretamente na comunidade pelos projetos de extensão vinculados ao Centro. Nesse trabalho, o Ceppsi vai além do espaço universitário para, por exemplo, cuidar de crianças com câncer por meio da ludoterapia, a terapia através do brincar. Mas os próprios alunos da universidade também são atendidos num programa de acompanhamento pedagógico para quem está com dificuldades no rendimento acadêmico. Um trabalho psicopedagógico é realizado para identificar os problemas que podem estar interferindo na adaptação ao contexto universitário. Objetivo é ajudar o estudante a organizar seus estudos e ter o melhor aproveitamento possível da formação acadêmica.

Serviço:
Ceppsi
Campus Petrolina – Centro (ao lado do Parque Josepha Coelho)
Horário de Atendimento: das 7h às 20h, sem intervalo.

Fabíola Moura/Ascom Univasf

17 de setembro de 2010 at 23:42 Deixe um comentário

Começa hoje II Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da Univasf

O maior evento acadêmico da Instituição

O maior evento acadêmico da Instituição

Começa hoje no campus Juazeiro, a II Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (II Scientex). O evento prossegue até a próxima sexta-feira (23) reunindo 153 trabalhos de iniciação cientifica, 35 trabalhos de extensão e atividades pedagógicas, realizados pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Considerado o maior evento acadêmico da instituição, a II Scientex engloba a IV Mostra de Integração, IV Jornada de Iniciação Científica, II Mostra Artística e Cultural e I Mostra Mosaico. Cerca de 60 atividades entre palestras, mesas-redondas, conferências e lançamentos de livros fazem parte da programação que conta ainda com oficinas e minicursos, que em virtude do sucesso do evento as inscrições já estão esgotadas.

Hoje o evento será aberto a partir das 19h com a conferência: Universidade, currículo e formação: desafios propositivos contemporâneos, ministrada pelo professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Roberto Sidnei Macedo. A participação no II Scientex é gratuita e aberta ao publico em geral.

Por: Welington Junior

19 de outubro de 2009 at 11:56 Deixe um comentário

Univasf vai atuar em municípios mineiros

A Comissão de Constituição e Justiça aprovou ontem, relatório favorável do senador Wellington Salgado, que autoriza a Universidade Federal do Vale do São Francisco a ampliar seu âmbito de atuação à região mineira do Vale do São Francisco. A matéria receberá decisão terminativa na Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Penso que não seria necessário esse “fuá” todo. A missão da Universidade Federal do Vale do São Francisco é trabalhar em todo semiárido brasileiro e norte de Minas Gerais faz parte sim dessa área climática.

Por: Welington Junior

16 de outubro de 2009 at 09:52 Deixe um comentário

Univasf inaugura biblioteca em Petrolina

 Espaço será destinado tambpem a comunidade externa

Espaço será destinado também a comunidade externa

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) realiza hoje (14), às 19 horas, a solenidade de inauguração das novas instalações da biblioteca do campus Petrolina Centro. O evento vai contar com a presença do reitor Jose Weber Freire Macedo, do vice-reitor, Paulo César da Silva Lima, pró-reitores e demais autoridades acadêmicas.

Com dois pavimentos, a nova biblioteca possui miniauditório para 60 pessoas, sala para estudos individuais e em grupo, mapoteca, sala de periódicos, terminais de consulta à base de dados especializada, e demais equipamentos. De acordo com a coordenadora do Sistema Integrado de Bibliotecas (Sibi), Ana Lucia da Silva, o espaço oferece mais conforto aos usuários, priorizando também a acessibilidade de pessoas com deficiência. Outra aquisição importante apontada por Ana Lúcia é o sistema antifurto que vai oferecer maior controle de saída de materiais.

O acervo é composto de 9.343 exemplares e 2.373 títulos voltados aos cursos de Administração e aos da área de saúde, tais como Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Psicologia e Educação Física. Segundo a Pró-reitoria de Planejamento e Administração (Proplad), a transferência do acervo deverá ocorrer até o final deste ano e a abertura no início do próximo semestre letivo, atendendo tanto a comunidade acadêmica como ao público externo.

Por: Welington Junior

Com informações e foto Ascom/Univasf

14 de outubro de 2009 at 09:28 Deixe um comentário

Posts antigos


Visitantes

  • 22,240 Visitantes

Agenda

junho 2017
D S T Q Q S S
« dez    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Seja nosso seguidor no Twitter

Siga Eudes Sampaio no Twitter

Siga João Barbosa no Twitter

  • A polícia federal é o orgulho nacional. Ainda existe esperança pra o nosso Brasil!!! 7 months ago
  • Feliz 2016 !!!!! 1 year ago
  • A conta de luz chegou. Estou passando mal. Onde isso vai parar? 1 year ago
  • Daqui a pouco vamos entrevistar o candidato a reitor da Univasf , Luiz valora. Daqui a pouco, no programa Univasf Debate !!! 1 year ago
  • Foi só eu ligar a TV e saiu um gol da Argentina. Vou desligar aqui o televisor. 1 year ago

Tópicos recentes

Mais Acessados

  • Nenhum

Feeds

Arquivos

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 1 outro seguidor

free counters